Boletim Nº5: Reorganização da rede escolar

A reorganização da rede estadual de ensino de São Paulo que vinha sendo implementada ao longo de vários anos foi subitamente interrompida devido a protestos dos estudantes que contaram com o apoio de parte da população.

Este novo Boletim IDados da Educação, lançado nesta semana, analisa as propostas  do governo do estado de São Paulo para a reestruturação, aponta os pontos fortes da reforma e deixa duas perguntas importantes para o debate.

A primeira é indagar por que os alunos e a sociedade protestaram contra uma reforma que seria benéfica para a maioria dos alunos e famílias. A segunda são as lições que podem ser utilizadas por outras redes estaduais e municipais de ensino em todo o país. A análise apresentada pelo Boletim IDados da Educação proporciona informações para qualificar esse debate.

Este Boletim IDados da Educação está dividido em sete partes. Nas quatro primeiras partes analisamos aspectos relacionados às tendências demográficas e operacionais das escolas de São Paulo e do país como um todo. Na quinta parte resumimos as propostas apresentadas pelo Estado de São Paulo e na sexta parte analisamos os aspectos de desempenho escolar relacionados à proposta. A última parte apresenta uma série de questões levantadas ao longo do texto, com o objetivo de suscitar debates pela comunidade empresarial, acadêmica, mídia e a sociedade em geral.

Preencha o formulário para fazer o download do Boletim IDados da Educação completo.

 

Compartilhe este Artigo

Se você gostou desse artigo, por favor, tome um segundo para compartilhá-lo.

Assuntos relacionados

Comente

Deixe uma resposta