Loading...

Levantamento do IDados sobre situação de contratados e demitidos nos últimos anos é pauta do Jornal das 10h na Globo News

A diferença da média de idade entre os trabalhadores admitidos e demitidos tem aumentado nos últimos anos. Em 2007, essa diferença era de 1,4 anos e, em dez anos, aumentou para 2,4 anos. No último ano, 2017, os trabalhadores admitidos tinham, em média, 32,8 anos e os demitidos, 35,2 anos.

A diferença entre o salário dos empregados contratados e dos desligados também aumentou em 10 anos. Em 2007, o salário dos admitidos era R$1.277,40, enquanto o dos demitidos era R$1.427,90. Ou seja, quem era contratado ganhava R$150,50, em média, a menos do que quem foi demitido naquele ano. Em 2017, essa diferença mais do que dobrou e o salário dos contratados passou a ser R$1.634,00 e dos desligados aumentou para R$1.998,80, uma diferença de R$364,80 entre os dois.

Os dados são levantamento do IDados e apareceram, nesta terça-feira, 15 de maio, na Edição das 10h do Jornal da GloboNews. Confira na íntegra a reportagem.

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.