Loading...

Blog

Uso de tecnologia para fins pedagógicos

Por Guilherme Hirata, pesquisador do IDados

Dia do professor é um momento propício à reflexão sobre uma das profissões mais importante de um país. Um tema que precisa ser mais debatido é o uso da tecnologia em sala de aula. Este post aborda o assunto a partir dos microdados da Prova Brasil 2015 referentes ao questionário do professor.

Na tabela abaixo, as colunas de (1) a (4) mostram as respostas dos professores de 5º ano do ensino fundamental de escolas públicas para uma pergunta a respeito do uso de programas e/ou aplicativos de computador para fins pedagógicos.

Em geral, apenas 14% dizem que não usam tecnologia porque a escola não possui, ou seja, não parece ser um problema de falta de infraestrutura. Essa porcentagem é tanto menor quanto melhor o desempenho dos alunos em Matemática. Somando as colunas (1) e (2), observa-se que quase 1 em cada 3 professores não usam tecnologia no dia-a-dia. Na outra ponta, 24% dos professores dizem que usam sempre ou quase sempre.

Ter tecnologia à disposição é condição necessária, mas está longe de ser suficiente para que os alunos tomem proveito disso. As colunas (5) e (6) mostram que é bastante alta a porcentagem de professores que dizem necessitar de aperfeiçoamento profissional para o uso pedagógico de tecnologia de informação e comunicação: na média, 41% precisam de aperfeiçoamento em nível moderado e 26% em nível alto. Mesmo no nível mais alto de desempenho dos alunos, 5º quintil da distribuição de notas, aproximadamente 2 em cada 3 professores afirmam precisar de treinamento.

Os dados sugerem que, embora as tecnologias já comecem a estar presentes na maioria das escolas, o número de professores que as utilizam com frequência não chega a 30%.  Ao mesmo tempo, quase 70% dos professores afirmam necessitar de maiores orientações para fazer uso das mesmas.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − dez =

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.