Loading...

Blog

Quem são os alunos posicionados entre os 1% com melhor desempenho no ENEM?

Por Mariana Leite, pesquisadora do IDados

O objetivo deste post é identificar as características dos alunos posicionados no grupo do 1% com as melhores notas do ENEM. Para chegar aos resultados apresentados abaixo, usamos os dados do ENEM 2015. No levantamento, foram considerados somente os alunos que declararam estar cursando o Ensino Médio com previsão de conclusão em 2015. Dessa forma, chegamos aos alunos que estão no “percentil 99” (1% melhores) da distribuição da nota média nacional das quatro provas objetivas (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas).

 

Resultados (características gerais do 1% de alunos com as melhores notas)

Alunos do “percentil 99” tiraram 701,25 pontos ou mais na média das quatro provas do ENEM. 86,7% deles frequentam escolas privadas, enquanto 9,32% estão matriculados em escolas federais. Somente 4% desses alunos vieram de escolas estaduais e municipais (embora mais de 75% dos alunos que fizeram o ENEM fossem destas escolas). 3,8% de todos os alunos das escolas federais e 4% da rede privada estão no percentil 99.

Praticamente todos estudam em escolas urbanas, 65,8% são homens e 71,2% são brancos. 65% têm 17 anos e 29% 18 anos. Somente 1,5% deles informou ter sido reprovado em alguma série na escola. Pouco mais da metade dos alunos (52,2%) vive em famílias com renda familiar superior a 10 Salários Mínimos.

 

Tabela 1: Características dos melhores alunos do ENEM

 4

Fonte: ENEM 2015. Elaboração: IDados
Nota 1: Somente foram considerados os alunos do Ensino Regular que estavam cursando e iriam concluir o Ensino Médio em 2015.
Nota 2: Melhores alunos são aqueles do percentil 99 nacional da nota média formada pelas quatro provas objetivas do ENEM (Matemática, Linguagens, Ciências da Natureza e Ciências Humanas).

 

Resultados por prova

Refizemos os cálculos a fim de identificar os alunos que se classificam no “percentil 99” nacional de cada prova do ENEM.

Homens são maioria dentre os alunos com as melhores notas de Ciências da Natureza (65,8%), Ciências Humanas (58,1%) e Matemática (74%). Já as mulheres se destacam em Linguagens (53,6%) e Redação (65,4%).

Outra diferença é que alunos das regiões Norte e Nordeste se destacam mais na redação (34,3% deles estão entre os alunos com as melhores notas) em relação às outras provas (entre 20 e 23%).

O mesmo ocorre quando separamos os alunos por faixa de renda familiar: aproximadamente 40% das melhores notas em redação são obtidas por alunos em famílias com renda de até cinco salários mínimos. Já na prova de matemática, somente 24% dos melhores alunos estão nesta faixa de renda.

Considerando que os alunos classificados no percentil 99 do ENEM são aqueles com maiores chances de ingressar em uma boa universidade, podemos dizer que a prova de redação parece selecionar alunos diferentes das demais provas. Em um post futuro, iremos dedicar mais tempo à avaliação das especificidades desta prova e de como ela se diferencia das provas objetivas.

 

Observação: publicamos uma nota técnica sobre a metodologia adotada pelo IDados para identificação das escolas com mais alunos dentre o 1% com melhor desempenho no ENEM.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.