Loading...

Blog

Que escolas concentram o 1% de alunos com melhor desempenho no ENEM?

Por Mariana Leite, pesquisadora do IDados

No post do dia 9 de novembro, abordamos as características dos alunos posicionados no grupo do 1% com melhor desempenho no ENEM. Para chegar aos resultados, usamos os microdados do ENEM 2015 e consideramos somente os alunos que declararam estar cursando o Ensino Médio com previsão de conclusão naquele ano.

Dessa forma, chegamos aos alunos que estão no “percentil 99” (1% melhores) da distribuição da nota média nacional das quatro provas objetivas (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas) do Exame.

Neste post, vamos apresentar as escolas onde esses alunos estudavam quando realizaram o ENEM. Os estabelecimentos escolares classificados de maneira absoluta e relativa.

Manipulando os parâmetros nas tabelas, que podem ser acessadas pelos links abaixo, é possível pesquisar diferentes cenários. As classificações das escolas podem variar de acordo com: número de alunos concluintes do Ensino Médio que realizaram o ENEM; nota geral (média das quatro provas) ou de cada prova; estados e municípios selecionados; e rede (pública ou privada). Se a busca for feita pelo nome da escola, ela aparecerá grifada em amarelo na lista.

Usando a “classificação absoluta”, ordenamos as escolas de acordo com o número total de alunos que elas têm no 1% com melhor nota geral (média) nacional do ENEM 2015, independentemente do tamanho da escola. Veja os resultados no link abaixo:

 

Tabela 1 – Classificação absoluta:

Já ao utilizarmos a “classificação relativa”, ordenamos as escolas considerando a porcentagem de alunos delas que fizeram o ENEM e que se posicionaram no grupo do 1% com melhor desempenho. Desse modo, estamos ponderando a classificação pelo tamanho da escola. O que importa nessa classificação é o tamanho relativo do grupo de alunos do 1% em relação ao tamanho da escola. Veja os resultados no link abaixo:

 

Tabela 2 – Classificação relativa:

Por fim, na classificação utilizada pela Revista Veja e divulgada na edição 2555, do dia 04/11/11, o critério é o mesmo do anterior, mas somente são consideradas escolas com pelo menos 50 alunos fazendo o ENEM. Veja os resultados dos primeiros 50 colocados no link abaixo:

 

Tabela 3 – Classificação relativa utilizada pela revista Veja:

É importante ressaltar que essas classificações não têm o objetivo de apontar as “melhores escolas do ENEM”. O que se pretende é apresentar o conjunto de escolas com maior concentração de alunos dentre o 1% com melhor desempenho nas quatro provas do Exame.

Publicamos em nosso site uma nota técnica sobre a metodologia adotada pelo IDados para a elaboração desse levantamento.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.