Loading...

Blog

Os problemas de aprendizagem dos alunos na opinião dos professores

Por Guilherme Hirata, pesquisador do IDados

É quase um consenso no país que o professor – cujo dia é comemorado no dia 15 de outubro – é o fator mais importante para melhorar a qualidade da educação. Para muitos especialistas, é necessário que tenhamos nas salas de aula mais profissionais preparados quanto aos conteúdos que ensinam e mais capacitados a ensinar.

Mas o que pensam os professores sobre o problema de aprendizagem dos alunos no Brasil? Este post traz a opinião de professores do 5º ano do ensino fundamental de escolas públicas que responderam os questionários da Prova Brasil 2015.

Nas colunas da tabela abaixo, são apresentados cinco problemas (carência de infraestrutura, conteúdo inadequado, insatisfação do professor, falta de acompanhamento dos pais e fala de esforço do aluno) e as respectivas porcentagens atribuídas pelos professores.

As porcentagens são apresentadas para a média geral do país e para grupos de escolas de acordo com o nível socioeconômico (NSE) dos alunos.

Fonte: Inep. Elaboração: IDados.

Os professores, em geral, não atribuem o problema de aprendizagem a fatores mais diretamente associados às escolas. Por exemplo, infraestrutura precária é um fator que cresce em importância com a piora no NSE – provavelmente refletindo as condições da escola –, mas não passa de 43%. Da mesma forma, os professores não acham que sejam preponderantes o conteúdo curricular inadequado ou a falta de satisfação e estímulo do professor com a carreira docente.

Eles consideram que o problema de aprendizagem está mais relacionado a fatores externos à escola, como a falta de acompanhamento por parte dos pais (94%) e a falta de esforço dos alunos (87%). Em ambos os casos, chega a ser surpreendente a baixa variação por NSE.

Como superar esses obstáculos? Esta é a grande incógnita.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 2 =

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.