Loading...

Blog

O avanço da municipalização na rede pública de ensino do País

Por IDados

Vem aumentando no País o número de matrículas em escolas públicas sob a responsabilidade dos municípios. Em 2008, as matrículas em escolas municipais representavam 61,27% de todas as matrículas em escolas públicas, e em 2016 (dados mais recentes disponíveis), o percentual passou a ser de 67,67%.

Nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), o percentual de matrículas em escolas municipais passou de 76,69% em 2008 para 82,91% em 2016. Já nos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), o percentual foi de 42,63% em 2008 para 49,24% em 2016. O aumento do percentual das matrículas em escolas municipais ocorre ao mesmo tempo em que diminui o percentual de matrículas em estabelecimentos estaduais.

Painel 1

De acordo com os dados mais recentes (2016), os estados com maior percentual de escolas públicas municipais são: Ceará (96,13%), Maranhão (95,51%), Piauí (89,41%), Bahia (88,49%), Alagoas (86,75%), Rio de Janeiro (85,73%), Pará (84,57%) e Pernambuco (82,58%).

Na outra ponta, os estados com menor percentual de escolas públicas municipais são: Acre (38,56%), Amapá (41,04%), Roraima (49,41%), Minas Gerais (49,85%), Mato Grosso (51,09%), Rondônia (52,35%), São Paulo (53,62%) e Rio Grande do Sul (54,69%).

Painel 2

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.