Loading...

Blog

Diferença entre redes públicas e privadas cresce a cada etapa de ensino

Por Mariana Leite, pesquisadora do IDados

Redes públicas e privadas de ensino no Brasil estão em patamares bem distintos. A média estadual da rede privada está sempre acima da média estadual da rede pública nas três etapas de ensino: séries iniciais e finais do Ensino Fundamental, e Ensino Médio. Acrescente-se a isso que a escola privada agrega mais conhecimento a cada etapa de ensino, fazendo com que a distância entre as redes aumente cada vez mais. Vejamos:

Entre o 5º e o 9º ano do Ensino Fundamental, é esperado que o aluno aumente em 50 pontos a sua proficiência em matemática (1 desvio padrão da escala SAEB).

Esse padrão parece ser seguido em geral pelas redes privadas (ganho de 50.65 pontos na média Brasil), mas não pelas redes públicas (diferença média do 5º para o 9º ano é de 31.5 pontos).

Seguindo a mesma distribuição de pontos, entre o final do EF e o final do Ensino Médio, o aluno deveria agregar 37.5 pontos.

Isso não acontece na rede privada (diferença somente de 27.5 pontos), mas é pior ainda na rede pública (crescimento médio de menos de 10 pontos).

Ou seja, a diferença entre redes públicas e privadas tende a crescer a cada etapa de ensino.

Existem até casos extremos em que os alunos ao final do Ensino Médio da rede pública sabem o mesmo ou menos que os alunos da mesma rede ao final do Ensino Fundamental.

Esse é o caso de Santa Catarina (-0.4), Ceará (somente 2.5 pts de diferença) e Amazonas (somente 2.0 pts).

Tabela 1: Diferença na nota de matemática entre etapas de ensino – Rede Privada

 

Tabela 2: Diferença na nota de matemática entre etapas de ensino – Rede Pública

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.